terça-feira, 22 de dezembro de 2009

MINHA ETERNA PROFESSORA

é você professorinha
que irradia
o meu dia
como fosse uma rainha
com a magia no falar

ao ensinar
cada lição
na devoção
sempre afável

faz viável
meu prazer
em aprender
e no futuro lecionar
sem exitar

quando pousa
sobre a lousa
o seu giz
pedindo bis

a uma matéria
que teimosa me confunde
e difunde em conhecer
meu aprender

tornando o ar esverdeado
em apenas um olhar
e cada aluna empolgado
ao seu sorriso conquistar

com um presente no recreio
ou biscoitos no passeio
pois transforma seus anjinhos
em futuras andorinhas
ao guiar pelos caminhos
de uma vida divertida
ao ter você , professorinha .


CLAUDIO F SANTOS

4 comentários:

MARY MEDEIROS disse...

ME VI, PROFISSIONALMENTE, REFLETIDA NESSA POESIA...AMEI....

andrea pasquarelli disse...

um encanto meu anjo ... vc eh um verdadeiro poeta... parabens !!!!

Poetisa disse...

senti saudades das minhas "crianças" rsrsrs algumas carinhosas, outras com problemas logo cedo... outras fortes como rocha e algumas bricalhonas em fim sao tantos tipos de criança aprendi amar todas elas principalmente aquelas que por algum motivo se mostra amsi rigida do que as outras...

Arlete Sua disse...

MINHA ETERNA PROFESSORA

é você professorinha
que irradia
o meu dia
como fosse uma rainha
com a magia no falar
********************
Com está poesia dar pra ver
que dentro de vc ainda maro
uma criança meu querido.
Agora voltei 40 anos atraz
a lembrei da minha primeira
professora ,foi muto bom
brigada pois lendo sua poesia
recordei minha infancia
bjo no coração.e bom domingo.