terça-feira, 24 de novembro de 2009

DESTRUIDORA DE EMOÇÕES



eu tentei acreditar
ate cheguei a meditar
e refletir sobre casar
mas com o tempo
veio o pranto
a descoberta do engodo
encoberto
num esgoto de mentiras
onde sátiras surgiram
e ungiram minha alma
da mais triste sensação
aquela cheia de intenção
de um amor ensandecido
e da límpida paixão
que não existe
mas persiste
em domar meu coração
fazer chorar
repudiar o sentimento
no momento do abandono
sendo agora só passado
e levado pelo vento
como um canto
de um pássaro ferido
pela mão malevolente
de um descrente no amor
com intenção de causar dor
e destruir um sentimento
que existe a muito tempo .


CLAUDIO F SANTOS



2 comentários:

Andresa disse...

Oi Cláudio!

Sabe a sua poesia me fez pensar que esse problema é bem mais comum do que parece, quanta gente sofrendo pelo sentimento não ser recíproco.

Um beijo pra vc!

Poetisa disse...

o casamento é uma forma de destruir ou descobrir que o amor nunca exitiu entre duas pessoas o fogo da paixao que um dia consumiu o coraçao hoje é consumido pelo odio e o rancor de magoas e mais magoas acumuladas durante tempos...