quinta-feira, 29 de outubro de 2009

ETERNO

.
.
Sendo o ar que que respiro
e um vampiro
a sugar as minhas forças
dominou minhas açoes
e a reações
que sempre foram adversas
ao amor
deram lugar
a um furor
absoluto e singular
que me faz admirar
a sua foto todo dia
em completa nostalgia
quando escrevo e recito
um relato
sobre o fato inconsequente ,
meramente ocasional
de estar sempre presente
em minha mente
e minha vida
deste o ponto de partida
construiu sua guarida
em meu peito
aonde , o sustento
pra total sobrevivência
muito alem de uma paixão
foi a ciência
que amor é complacência .


CLAUDIO F SANTOS


2 comentários:

andrea pasquarelli disse...

hummm , queria eu ser a imagem inspiradora !!!! cada vez mais divina suas poesias meu anjo lindo...

vera lucia lopes alencar disse...

Olá amigo...passando para te dizer que está magnífico tudo muito tudo...Tá bélicoooo D++++ a tua pagina do seu blog...e tudo que escreve é superhiperFantástico...te adoro amigo continue sempre assimcomo és...sentimentos único que admiro em teu ser...bjus
Tuas poesias estão divinaissss.