segunda-feira, 6 de setembro de 2010

NÃO FOI UM SONHO


Acordei na madrugada
com a voz da minha amada
a sussurrar no meu ouvido
seu amor
em um suspiro
sem o mínimo pudor .
Foi puro ardor
e no calor da sua pele
deslizei a minha mão
com a intenção
que se revele
toda a sua excitação .
Era toda devoção
na explosão do seu libido
desejando amor bandido
implorava por um beijo
estremecia de desejo
e num rápido gracejo
o sorriso veio a face
pois na forma de espasmo
deu vazão a um orgasmo .
O momento mais perfeito
que refeito varias vezes
e nas formas mais diversas .
Quando inversas ao instante
trouxe a sua exaustão
para deitada em nosso leito
adormecer sobre meu peito .


CLAUDIO F. SANTOS

Um comentário:

Catarina disse...

Lindo!
Bela inspiração da madrugada, parabéns!
Beijo.