domingo, 1 de agosto de 2010

POESIA PARA TODAS AS HORAS: FORÇAS não desisto de lutar pois ao negar o meu ...

POESIA PARA TODAS AS HORAS: FORÇAS


não desisto de lutar
pois ao negar o meu ...
: "FORÇAS não desisto de lutar pois ao negar o meu instinto sou apenas um faminto que não mata a sua fome e engole seu futuro sem a agua cons..."

2 comentários:

cristiane disse...

LINDA ESSA POESIA VC E UM CARA MUITO ABENÇOADO MESMO BJSSS

Catarina disse...

Olá,meu poeta!
Que belo e sentido poema, que sensibilidade a flor da pele, parabéns!
Beijo.